Quer ter um salário maior?

Quer ter um salário maior?

Um roteiro completo para você seguir quando for conversar com o chefe.

Nem os profissionais mais experientes acham que pedir um aumento de salário é uma tarefa fácil.

O fato é que nunca fomos preparados para isso. Seja por medo de perder o emprego, de prejudicar o relacionamento com a empresa ou até mesmo de demonstrar um lado ganancioso. 

Porém, se você se preparar com antecedência e esperar o momento certo, você pode se beneficiar com uma conversa sincera sobre a remuneração

Caso queira ser reconhecido e ter aquela bonificação no fim do mês, confira nossas dicas!

Saiba como a empresa decide o salário

Diversos são os fatores que uma empresa leva em conta na hora de remunerar um funcionário.

Mas podemos dizer que uma boa empresa contará com uma política de remuneração.

Isso é o que chamamos de plano de cargos e salários.

É por meio desse plano, que as empresas conseguem um equilíbrio entre os seus colaboradores que contarão com uma estrutura de salários e cargos bem definidos. 

Além disso, você passa a enxergar com clareza quais são seus próximos objetivos para que a remuneração aumente.

Você pode, por exemplo, traçar algumas metas e estratégias que te colocarão em um cargo com melhor remuneração.

Não esqueça de avaliar como a sua empresa está no cenário econômico. Saber como a empresa está te ajudará a ter noção de qual será o momento certo para pedir o aumento do seu salário.

Avalie seu desempenho

Você só será bem remunerado se seus resultados forem bons. Uma empresa só te dará um aumento com base no que você produz. Por isso, a dica é: faça uma lista com todas as contribuições que você fez para empresa. 

É uma ótima oportunidade tanto para você quanto para a empresa saber sobre o seu desempenho. Então, não deixe de listar as suas superações, melhorias e quais foram os desafios até aqui.

Assim, fica até mais fácil construir bons argumentos.

Tenha um plano de crescimento

Pense a longo prazo. Contar com um planejamento de carreira é uma ótima forma de  desenvolver suas habilidades. 

Não se engane que criar um planejamento seja uma tarefa fácil, até porque não é. Envolve todo um processo de saber qual sua missão, valores e seus objetivos.

Comece a se perguntar como serão seus próximos 5, 10 ou 30 anos. Você quererá passar todo esse tempo no mesmo cargo? Na mesma empresa? Se você não souber como responder essas perguntas está na hora de planejar.

O ato de planejar significa estabelecer tarefas, prazos e métodos. Falando em planejamento de carreira é como se fosse um roteiro, indicando o caminho correto, para que você atinja o sucesso profissional.

Ele indica também qual o tempo necessário para você alcance as suas metas.

Existem alguns passos que podem te ajudar a elaborar o seu próprio planejamento. Não existe fórmula mágica, mas com esses passos esse processo fica mais fácil. Vamos lá?

Qual é sua situação atual?

Comece sabendo mais sobre quem é você e como vai a sua carreira. Saiba quais são seus pontos fortes e o que precisa ser melhorado. Não tenha vergonha!

Quais são seus objetivos?

Especifique quais são os seus objetivos. Assim que tiver eles em mãos, responda as famosas perguntas 5W2H. Confira quais são elas:

5W

WHAT: O que será feito?

WHY: Por que será feito? 

WHO: Quem fará? 

WHEN: Quando Será feito? 

WHERE: Onde será feito?

2H

HOW: Como será feito?

HOW MUCH: Quanto custará? 

Para te ajudar preparamos esse modelo de planejamento de carreira, que pode preencher e ter esse documento em mãos na hora que quiser. Rápido e prático e em um clique você já pode baixar o seu.

Invista em capacitação

Você sabia que o salário dos pós-graduados é, em média, 70% maior do que os outros profissionais?

Então, fica claro que a capacitação também pode ser um diferencial financeiro para quem busca uma maior valorização no salário.

Muito bom, né? Sem dúvidas, além de de se tornar um profissional mais capacitado e produtivo, a novidade é que você passa a ser reconhecido dentro do seu ambiente de trabalho, podendo afetar positivamente o seu salário.

Desse modo, o processo de especialização deve se tratado como um investimento, que vai garantir ganhos futuros. 

Tenha outras atividades

Se você quer convencer seu chefe do aumento, pode ainda propor outras atividades que você pode assumir. Tenha em mente que deve mostrar quais sãos os benefícios que a empresa terá. A negociação é clara: você assume uma nova tarefa e a empresa reduz seus gastos. 

Aos olhos do seu chefe isso vai parecer bem atrativo. Não faça dessa conversa algo vago ou sem pretensões. É importante sair dessa reunião com um próximo passo.

Saiba qual é o momento ideal

Toda empresa possui um orçamento destinado a pagar os salários dos seus funcionário. Geralmente as empresas planejam seus gastos antes de começar o próximo ano. Por isso, descubra qual será a melhor época para falar sobre salário.

Se preocupar com o momento ideal é fundamental para que seja visto como algo positivo e não negativo.

A dica para não errar é que você invista em uma entrega de um projeto importante e caso receba um feedback positivo pode ser o momento ideal.

E se você acabou de ser contratado, tome cuidado. Se não realizou nada de significativo na empresa, acaba que não tem nenhum argumento que justifique tal aumento.

Desafie seus medos

Para muitos pedir aumento salarial é algo um tanto quanto apavorante. Não é uma conversa muito confortável nem para o empregado, nem para o empregador. Mas isso não significa que você não deva tentar.

Procure ser honesto e gentil. O diálogo não pode ter um tom de imposição ou ameaça, pois em vez de ganhar um aumento, ganha uma bela  demissão. Nesse momento tenha empatia, fale o quanto gosta de trabalhar na empresa e o quanto se sente realizado.

Seja sempre positivo. Na hora de negociar seu salário, foque na sua positividade, mesmo que a situação não pareça agradável. Mesmo que a conversa não esteja como planejou, esteja atento:

1- Demonstrar que você gosta da empresa

2- Que mesmo não aumente seu salário fale que nada mudará                                           

E para te tranquilizar é bem comum esperar que a empresa reconheça o trabalho de seus funcionários. Todos esperam algum tipo de compensação e se for de maneira espontânea é melhor ainda! 

Outro conceito que vale a aplicação na hora de negociar é o da honestidade. Tratar com sinceridade qualquer assunto é o melhor que pode fazer. Talvez sua situação financeira não esteja boa ou acabou surgindo o imprevisto, apenas converse. É uma forma de compreenderem o real motivo do pedido do acréscimo salarial.

A última dica é: não force a barra. Mesmo que você queira muito, a insistência pode ser uma grande vilã.

Esteja aberto à mudança

Se as coisas não estão se encaixando no seu trabalho conforme você planejou, pode ser o momento de avaliar outras opções. Procure no Linkedin algumas outras empresas que estão em processo seletivo, busque novas oportunidades. 

E se seu desejo for continuar ainda na empresa, invista em algo que possa te dar uma remuneração extra. Existem várias formas de empreender, buscar um novo ramo de atuação, busque outras oportunidades.

Talvez a empresa no momento não possa aumentar seu salário, mas existem outras formas de se beneficiar.

Como, por exemplo, um investimento em pós-graduação, participação de algum evento, uma nova forma de bonificação, aumento em algum auxílio, uma flexibilidade no seu horário etc. Esteja aberto para avaliar essas outras formas de remuneração.

Ficou com vontade de já ir pedir o seu aumento? Mas calma, primeiro siga-nos em nossas redes sociais Instagram, Facebook e Linkedin e fique atualizado com o que há de melhor sobre carreira, mercado de trabalho, estudos e pós-graduação.

Tenho certeza de que com as nossas dicas, você vai estar preparado para decolar a sua carreira.

Gostou do conteúdo? Nós esperamos que sim! Agora, que tal ficar por dentro de outros artigos como este sobre mercado de trabalho e carreira? É bem simples, basta assinar a nossa newsletter!