Pós-graduação, MBA e mestrado: qual a diferença entre eles e como escolher?

Pós-graduação, MBA e mestrado: qual a diferença entre eles e como escolher?

Apostar em uma educação continuada após concluir a faculdade é importante não só para ampliar conhecimentos, como para garantir mais destaque no mercado de trabalho, frente à alta concorrência. No entanto, em meio a diferentes modalidades, como pós-graduação, MBA e mestrado, é preciso entender quais delas se encaixam melhor em suas necessidades e objetivos.

Pensando em ajudá-lo nas suas tomadas de decisão, preparamos este artigo sobre as principais características, diferenças e público-alvo de cada uma dessas modalidades de especialização. Confira!

Pós-graduação

A pós-graduação corresponde a todos os cursos destinados àqueles que já concluíram a graduação — primeira etapa do ensino superior. O objetivo dessa formação é aprofundar o conhecimento, ou seja, fazer com que o aluno aprenda sobre uma determinada área do de forma mais específica. Além disso, ela também prepara o profissional para uma atuação estratégica no mercado em cargos de gerência.

Como vivemos em meio a um cenário bastante exigente, no qual o mercado de trabalho dá foco e destaque aos profissionais capacitados para preencher as lacunas de competências nas empresas e atender às suas demandas de maneira eficaz, fazer uma pós-graduação é muito mais do que um diferencial entre os profissionais. Em muitos casos, trata-se de algo indispensável.

Qualquer pessoa que tenha em mãos um diploma de graduação — seja de bacharelado, tecnólogo ou licenciatura — pode ingressar em um ou mais cursos de pós-graduação lato sensu ou stricto sensu. E você já sabe a diferença entre essas duas modalidades? Entenda a seguir.

Lato sensu

Mais amplas e com duração média de 360 horas, que corresponde à cerca de 18 meses, as pós-graduações do tipo lato sensu são voltadas aos profissionais que buscam aprender e desenvolver competências específicas. Isso significa que elas, normalmente, são bastante úteis para serem usadas no dia a dia da profissão.

Embora isso não seja uma regra, a modalidade lato sensu não é voltada para a pesquisa científica, mas, sim, para o desenvolvimento de uma atividade prática. Ao final do curso, o aluno recebe um certificado de conclusão valorizado pelo mercado.

Stricto sensu

Já as pós-graduações do tipo stricto sensu correspondem aos cursos de mestrado, sobre o qual falaremos mais adiante, e doutorado. De um modo geral, os alunos que optam por essa modalidade são aqueles que querem seguir carreira acadêmica, ministrando aulas, atuando como pesquisadores etc.

No entanto, nos dias de hoje, também é possível realizar um mestrado profissional — pós-graduação stricto sensu focada no mercado de trabalho. Por fim, os alunos que se formam como mestres ou doutores recebem um diploma e não um certificado, como nos cursos lato sensu.

Mestrado

Os cursos de mestrado estão inclusos na modalidade pós-graduação strictu sensu. Com duração média entre 2 anos e 2 anos e meio, eles são oferecidos em duas formas: mestrado acadêmico e mestrado profissional, como mencionado anteriormente.

O mestrado acadêmico, como o próprio nome indica, é mais focado na formação de professores e pesquisadores — os quais atuarão, sobretudo, dentro de universidades, seja ministrando aulas, seja à frente de projetos de pesquisa relacionados ao seu campo de conhecimento. Por sua vez, o mestrado profissional, mais recente, é uma modalidade prática, indicada para aqueles que já contam com certa experiência no mercado e estão em busca de qualificação ou atualização.

Os cursos de mestrado são diferentes dos de doutorado — também inclusos na modalidade pós-graduação stricto sensu. O doutorado é voltado para aqueles que já concluíram o mestrado e desejam se aprofundar ainda mais no tema defendido em suas teses de conclusão de curso. Trata-se de um caminho que exige dedicação integral por parte dos alunos, apresentando uma duração média de 4 anos.

MBA

O MBA, ou Master in Business Administration — em português, “Mestre em Administração de Negócios” — é um curso para a formação de executivos, voltado para as áreas de negócios e gestão empresarial. O principal público-alvo dessa formação é composto por pessoas que buscam cargos de liderança e, para isso, precisam ampliar seus conhecimentos, desenvolver habilidades e ampliar a sua rede de contatos profissionais, ou seja, o networking.

O MBA tem grau equivalente a um mestrado quando feito em países do exterior, mas, no Brasil, ele é enquadrado como uma especialização. Justamente por isso, ele é recomendado que quem deseja ingressar nesse tipo de curso já conte com um tempo maior de experiência no mercado e uma carreira mais consolidada, como empresários, gestores ou diretores corporativos.

A duração mínima de um curso de MBA é a mesma de uma especialização, ou seja, 360 horas. No entanto, é comum que os valores das mensalidades sejam um pouco mais elevados nessa modalidade.

Especialização

Os cursos de especialização são uma boa alternativa para quem deseja atualizar conhecimentos e desenvolver habilidades mais específicas para usar no dia a dia de trabalho. Dessa forma, é possível enriquecer o currículo e destacar-se em meio à concorrência.

Outra vantagem para quem cursa uma especialização é que a opção escolhida não precisa estar relacionada de forma direta ao campo de trabalho atual do profissional. Nesse caso, é uma ótima oportunidade para aqueles que buscam mudar de carreira ou ampliar possibilidades.

Grande parte das vezes, o termo pós-graduação, sobre o qual já falamos anteriormente, é usado como sinônimo de especialização — embora os MBAs também se encaixem nessa categoria e existam os cursos stricto sensu. A carga horária mínima de uma especialização é de 360 horas e tratam-se de cursos pagos, mesmo em faculdades públicas.

Pós-graduação, MBA e mestrado: qual é a melhor modalidade para o meu caso?

Embora essa seja uma dúvida bastante comum, a resposta vem de uma pergunta simples: o que quero para a minha carreira? Desejo melhorar minha posição no mercado ou conquistar cargos acadêmicos? Além disso, é muito importante conhecer os programas e a matriz curricular dos cursos, de forma a obter mais clareza quanto qual caminho atende melhor às suas expectativas pessoais e profissionais.

Agora que você entende as diferenças entre pós-graduação, MBA e mestrado, certamente será mais fácil fazer uma escolha ainda mais objetiva e consciente. Lembre-se de que dar um próximo passo, além da graduação, é uma ótima forma de colocar em prática seus objetivos pessoais e profissionais, conquistando melhores posições e se preparado para suprir as demandas das organizações com eficiências.

Gostou de entender as diferenças entre pós-graduação, MBA e mestrado e quer saber ainda mais sobre o assunto? Então, não deixe de entrar em contato conosco e conhecer os nossos cursos agora mesmo. Vamos adorar conversar com você!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *