fbpx

Perícia e a análise de manchas de sangue

Perícia e a análise de manchas de sangue

Você sabia que as manchas de sangue de uma cena de crime podem falar muito sobre o ocorrido?

O Bloodstain Pattern Analysis – BPA conhecido como o estudo de manchas de sangue teve início ainda no século XIX, mas foi em março de 2002 em reunião realizada pelo Laboratório do FBI, mais especificamente na Academia do FBI, que oficializou o procedimento.

A análise de manchas de sangue constatadas em locais de morte violenta pode auxiliar no estabelecimento da dinâmica dos fatos e na diagnose diferencial do evento que resultou em morte, contribuindo para o esclarecimento de um crime. As manchas de sangue estabelecem padrões que permitem ao perito realizar valiosas apreciações e compreender os acontecimentos do fato.

A análise dos padrões de manchas, é primordial pois pode determinar, por exemplo: o posicionamento dos indivíduos envolvidos no crime; o tipo de agressão e arma usada; possíveis ferimentos causados na vítima – útil quando não há presença do corpo da vítima; uma estimativa da quantidade de golpes desferidos na vítima; se houve deslocamento de objetos ou pessoas pelo local do crime; se houve alguma mudança na posição da vítima a fim de invalidar algum tipo de acusação.

Você sabia?

Durante a perícia, em um primeiro momento, o perito recolhe provas que sejam relevantes para o caso, para então, posteriormente, analisá-las. Logo, anterior ao processo de análise em si, é feita uma classificação das manchas de sangue, indicando a que grupo dos padrões de manchas de sangue pertence, juntamente com uma descrição específica.

Hoje é possível encontrar cursos específicos de análise de perfis de manchas de sangue, para os profissionais que desejam se especializar na área. Além disso, existem no mercado uma vasta literatura técnica e científica que auxiliam na busca deste conhecimento. Porém, o melhor conhecimento advém do curso de especialização em Perícia, Investigação Forense e Criminal Profiling.

E por ter tamanha importância e influência para solucionar crimes junto à justiça, que os profissionais que atuam nesta área, buscam o máximo de capacitação técnica e científica, para que possam emitir laudos periciais com um critério máximo de fidedignidade. Isto é a ciência a serviço da justiça.

Posso ajudar?