Dicas para organizar e aplicar Excel em seus projetos

Dicas para organizar e aplicar Excel em seus projetos

Quem nunca colocou “Pacote Office avançado” no currículo que atire a primeira pedra. No entanto, uma coisa é achar que se entende bem do Pacote Office. Outra é saber como organizar e aplicar Excel em seus projetos de verdade. Na hora que o desafio chega, é muito difícil realmente tirar o máximo possível da plataforma. Não é a toa que essa é uma das mais comuns mentiras em currículos.

A parte boa é que o Excel pode ser muito usado em diversas áreas. É claro que existem muitas ferramentas e softwares específicos para diversos segmentos, mas existem muitas empresas diferentes que ainda podem utilizar o Excel para, no mínimo, cuidar de alguns passos simples de um projeto.

Por exemplo, a ferramenta é usada no marketing digital, na engenharia, em hospitais, em escritório de advocacia, definitivamente é um dos software mais amplos que temos hoje. Existem muitas formas de organizar e aplicar Excel em seus projetos.

Quer saber como fazer isso? Então siga a leitura abaixo!

Como organizar e aplicar Excel em seus projetos em 6 passos

1. Faça um curso especializado

O primeiro passo para entender como organizar e aplicar Excel em seus projetos é, claro, fazer um curso especializado no assunto. Isso porque todo mundo acha que domina a ferramenta, mas não a domina de verdade.

O Excel é um software extremamente profundo e com muitas funções e recursos. Portanto, é seguro dizer que se você só conhece o sistema como uma “planilha para anotar dados e fazer gráficos”, é porque você provavelmente não o conhece.

Sendo assim, procure por um bom curso para dominar todas as funções que a ferramenta tem e saber como explorá-la ao máximo dentro do contexto dos seus projetos.

2. Abrace desafios práticos

Estudar a teoria de um software é interessante. No entanto, o aprendizado acontece de forma mais otimizada quando aprendemos na prática. Para isso, no entanto, precisamos abraçar certos desafios que surgem.

Portanto, não tenha medo de receber uma tarefa que exige trabalhar com o Excel, por exemplo. Isso dará a você a possibilidade de pesquisar no Google, ver vídeos no YouTube e, aos poucos, aprender na prática como resolver cada desafio que aparecer. Dessa forma, seu aprendizado será muito mais fácil.

3. Fuce em todas as funções

A curiosidade é um dos principais motores do aprendizado. Portanto, não tenha medo de abrir folhas novas no Excel e testar todas as funções que encontrar. Faça experimentos e testes de modo a entender a capacidade de cada fórmula, ferramenta ou função do software. Desse modo, você terá em sua mente um arquivo de possibilidades para solucionar problemas que apareçam em seus projetos.

4. Aprenda o mínimo de programação

Para realmente explorar ao máximo o que o Excel pode oferecer, é importante que você aprenda um mínimo de programação. Isso é necessário pois o Excel pode receber dados capturados da Internet e é possível escrever códigos que ajudam a fazer essa captação.

Por exemplo, suponha que você trabalhe em uma empresa de logística e precisa fazer cálculos constantes envolvendo o preço do dólar. É essencial ter como puxar essa informação em tempo real das cotações apresentadas em sites como Uol Economia.

5. Aprenda a usar o gravador de macros

Em muitas ocasiões, você precisará fazer uma série de tarefas iguais no Excel. Por exemplo, precisará formatar e tratar um conjunto de dados gigantescos. Como o procedimento é sempre igual, você pode usar um recurso chamado gravador de macros. Basicamente, uma macro é um código que repete uma ação que você precise fazer repetidas vezes. Para usá-la, basta ir no menu Desenvolvedor, depois na opção Código e, por fim, em Gravar Macro. Faça o processo e termine a gravação. Depois é só selecionar a macro feita para repeti-la em todas as ocasiões.

6. Domine as ferramentas de formatação condicional

O Excel é uma ferramenta fantástica para a análise de dados. Se você precisar analisar informações e acompanhar desempenhos em seu projeto, se dará muito bem ao utilizar o software.

No entanto, é importante saber como usar a formatação condicional para melhor explorar as capacidades de análise gráfica do Excel, ressaltando crescimentos, ordenando dados e muito mais.

Com essas dicas, fica muito mais fácil organizar e aplicar Excel em seus projetos. Tanto faz a área em que você trabalha, do marketing digital a contabilidade, passando pela advocacia, engenharia, análise de dados, administração, política e muito mais, você precisará usar o Excel e agora tem um caminho mais fácil para aprender como dominar a ferramenta.

Se o conteúdo foi útil para você, talvez também seja para um amigo ou familiar. Por isso, compartilhe-o nas redes sociais para que mais pessoas saibam como usar essa ferramenta!