Como manter uma rotina produtiva na quarentena

Como manter uma rotina produtiva na quarentena

2020 começou de um jeito diferente, com ele veio a pandemia e a instalação da quarentena como forma de controle da transmissão do COVID-19.

Devido a necessidade das pessoas permanecerem em casa como forma de proteção, muitas empresas e profissionais autônomos viram a necessidade de iniciar seus trabalhos no formato home office. Isso porque, mesmo em casa, as atividades não podem parar e o fluxo de caixa também não. 

Entretanto, o que muitos reclamam dessa nova rotina é a falta de produtividade, isso porque, para a grande maioria, estar em casa significa relaxar, dormir, aproveitar com a família e esquecer qualquer assunto relacionado a trabalho.

Apesar disso, saiba que se você acertar o modo de trabalhar em casa sua produtividade pode ser até maior do que quando está no escritório. Segundo pesquisa realizada pela revista Galileu, quem trabalha home office pode apresentar até 13% mais atividade e produtividade do que as pessoas que trabalham fora.

Mas, a pergunta que não quer calar é: como manter a rotina produtiva durante a quarentena?  

Tire o pijama

O primeiro passo para qualquer profissional é tirar o pijama. 

Segundo Andreia Meneguete, consultora de branding e moda, em entrevista para exame., ”Nosso cérebro não entende que mudamos de função e ambiente se não mudarmos nossa postura, nosso mindset. E a forma como nos vestimos faz parte desse processo.”

Andreia ainda diz que: “Nossa postura reage à forma como nos sentimos e nos apresentamos ao mundo. Roupas carregam significados e símbolos, e isso passa para o indivíduo na hora do uso. É normal uma pessoa se sentir mais poderosa ao usar um terno. Assim como ela se sente mais criativa e ousada com usa cores e mix de estampas. Então, não é de se estranhar que ela ficará muito mais na zona de conforto e sem uma energia produtiva ao estar de pijama.”

Portanto, é muito importante vestir-se como se fosse sair para trabalhar, tirar a pantufa e o pijama. Obviamente você pode usar uma roupa um pouco mais confortável, afinal está em casa, porém faça que seu cérebro compreenda que é hora de trabalhar e não de relaxar.

Tenha metas diárias

Independente se você trabalha em loja de roupas, se é arquiteto, trabalha em imobiliária, agência de marketing digital, advogado, médico, entre tantas outras profissões é necessário estabelecer metas diárias. Isso porque não adianta sentar em frente ao computador e não saber o que precisa fazer. 

Toda noite, antes de dormir, estabeleça as metas do dia seguinte, e não apenas metas relacionadas a trabalho, mas também a de realizar atividades físicas, meditação, estudar sobre algo que você queira, tirar um tempo de lazer, etc. 

Tenha tempo para descansar 

Falando em tempo de lazer, lembre-se de ter momentos de descanso e relaxamento, afinal, ninguém é de ferro e consegue ficar focado por muito tempo.

Segundo a neurocientista Carla Tieppo, nosso cérebro consegue manter o foco por 50 até 60 minutos, depois disso, é necessário realizar uma pausa.

Hoje existem algumas técnicas para quem tem dificuldade em manter a concentração por muito tempo, uma que vem sendo muito utilizada é a técnica Pomodoro. 

A técnica Pomodoro foi desenvolvida em 1988 por um italiano, porém apenas hoje, que ela vem sendo mais implementada, provavelmente pelo aumento da necessidade de concentração já que hoje o número de distrações é muito maior. 

A técnica é simples tem duração duas horas. Você a inicia realizando uma atividade durante 25 minutos, quando os 25 minutos acabarem faz um descanso de 5 minutos e assim sucessivamente até completar duas horas. Quando completar os 120 minutos, como recompensa, você pode descansar 30 minutos. 

Tenha um local apropriado para trabalhar ou estudar

Se você precisa trabalhar ou estudar precisa ter um local apropriado, livre de distrações e interrupções.

Não precisa ser um escritório super confortável, mas pelo menos uma mesa e cadeira com boa iluminação e livre de barulhos externos.

Lembre-se de não ficar trabalhando na cama ou jogado no sofá, assim seu cérebro não confunde o horário de dormir e relaxar com o de trabalhar e estudar. 

Além disso, quem vive com você também precisa compreender que não é o momento de pedir algo ou bater papo, o que é normal acontecer quando você for visto na cama ou no sofá.

Por isso, tenha esse local adequado para que você e as pessoas ao seu redor compreendam que é o momento de focar e trabalhar.

Trabalhe feliz

Lembre-se que o mais importante para ser produtivo no trabalho é sentir-se bem realizando-o. Por isso, mesmo com as dicas anteriores, se o seu estilo for trabalhar de pijama jogado no sofá e for desse jeito que a produtividade acontece para você, está tudo bem. 

Você não precisa seguir “a fórmula do sucesso” até porque nem sempre o que é bom para os outros é bom para você. 

O mais importante é que você se conheça e crie os seus próprios métodos.