Passo a passo para conquistar o emprego dos seus sonhos

Passo a passo para conquistar o emprego dos seus sonhos

Você já enviou vários currículos, mas nem se quer te responderam?

O desafio de entrar ou se reposicionar no mercado de trabalho pode ser grande. Sabemos que você pode estar um pouco frustrado e que, às vezes, toda essa situação é muito cansativa.

Enviar vários currículos por dia para não receber nenhuma resposta e ainda nunca ser chamado para alguma entrevista, é um dos piores pesadelos para quem está buscando uma oportunidade. 

Mas, se você se dedicar, esse processo pode ser muito mais fácil. 

Diversas pessoas não sabem nem por onde começar a procurar emprego. E se você está nessa situação, respire fundo! Você está no lugar certo. Confira todas as dicas que separamos para você alcançar o emprego dos seus sonhos.

Neste blog post, falaremos sobre currículo, como conquistar as melhores oportunidades e sugestões para que você possa ser facilmente encontrado pelos recrutadores.

1— Foque no emprego dos seus sonhos

Sair disparando currículo para toda e qualquer vaga não vai te levar a lugar algum, afinal nem sempre essas vagas condizem com suas habilidades, área ou seu talento. Você estará apenas perdendo o seu tempo ou deixando escapar o emprego dos seus sonhos.

Já parou para pensar com o que você quer realmente trabalhar?

Em geral, pessoas esquecem de avaliar qual é o seu verdadeiro objetivo. E se frustram ao trabalhem em um emprego que não gostam. O ideal é você tirar um tempo para analisar essa pergunta, reflita sobre isso. Afinal, você passará boa parte da sua vida se dedicando ao trabalho.

No Brasil, só para se ter uma ideia, a cada ano passamos 20% do tempo total de nossas vidas no trabalho, o que equivale a 1.737 horas, segundo um cálculo da Folha de São Paulo.

Depois que você já definir com o que trabalhar, liste as empresas que você gostaria de fazer parte. Procure saber um pouco mais sobre elas, veja referências, entenda sobre o negócio prestado. Isso será um diferencial na hora de uma entrevista de emprego. 

O ideal é você sempre estar atento ao que as empresas valorizam e você pode checar isso dando uma olhada no site da organização e no LinkedIn.  Ah, e não esqueça de ficar de olho nas vagas abertas. Você pode ser o candidato ideal.

Ao se candidatar para ofertas de emprego que correspondam ao seu perfil, todo o processo ficará mais fácil.

2— Elabore uma rotina

Se você pensa que o emprego cairá do céu, está enganado. Mesmo que você goste de contar com a sorte, seja responsável e dedique-se a essa tarefa. 

Para criar seu cronograma, o primeiro passo é saber qual o seu tempo disponível para se dedicar a encontrar um trabalho. Saiba que esse processo requer um pouco de tempo do seu dia. Por isso, o foco é indispensável.

Organize as tarefas que vão te auxiliar nessa jornada e que precisam de prioridade na sua agenda. Por exemplo: atualizar o Linkedin e seu currículo, buscar cursos que complementem suas habilidades etc. Faça isso quanto antes. 

Está na hora da busca pelo emprego. Entre uma pesquisa e outra procure tirar um tempo para relaxar a mente. A procura por oportunidades pode ser cansativa e gastar todas as energias de uma só vez. Faça pequenas pausas, tome um café e respire.

Encontrando a vaga, começa a hora de pensar no processo seletivo. Organize-se para não perder nenhuma etapa, entrevistas ou um feedback.

Você pode criar uma planilha com as informações importantes sobre a vaga, não se esqueça de incluir o nome da empresa, contato do recrutador, e-mail para contato. Assim, você não se perde e evita enviar inúmeros e-mails para a mesma empresa.

3— Faça Networking

Conhecer pessoas é uma boa forma de conquistar um emprego. Afinal de contas, quando há uma indicação, as possibilidades de ser contratado são bem maiores.

O segredo aqui é conversar com as pessoas. Busque ajuda da sua família, de seus amigos e dos seus colegas de profissão. Fale que você está à procura de um emprego. Assim, quando eles souberem de alguma vaga, logo indicarão você. 

Se você consegue manter essa relação com seus contatos, também terá outras vantagens, como a troca de experiência, a possibilidade de novos negócios e uma parceria, por exemplo.

E, para ter sucesso na sua rede de contatos, você pode se ingressar em algum curso de especialização. Não esqueça de frequentar os eventos da sua área como palestras, workshops, encontros etc. Com isso, as suas chances irão aumentar.

4— Domine a sua área

Se você quer ser contratado, as possibilidades são bem maiores se possuir domínio sobre sua área de atuação. A cada ano que passa o mercado fica cada vez mais saturado, mais e mais profissionais se formam. Basta ter diploma em mãos que muitos acreditam que seja o suficiente para a colocação no mercado. 

Entenda, as pessoas que se destacam em um processo seletivo são aquelas que mais buscam pela qualificação e especialização profissional. As empresas sempre consideram o quão você está atualizado. Conhecer técnicas, ferramentas e ter domínio sobre elas te levarão a outro patamar. Por isso, ter o domínio da sua área de atuação é fundamental.

5— Busque por mais conhecimento

A busca pelo conhecimento aumenta significativamente suas chances de conquistar um emprego. Não só conseguir um emprego, se manter atualizado na sua área fará com que você se destaque no mercado.

Hoje, a especialização não é mais um diferencial competitivo, passou ser exigência nas principais empresas. Pensando nisso, aquele profissional que não demonstra estar interessado em adquirir novos conhecimentos, o mercado passa a olhá-lo como alguém desinteressado e estagnado na vida, consequentemente, esse fato reduz suas chances de ser contratado.

A dica é: aposte em buscar por mais conhecimentos, você pode potencializar por meio de uma especialização, por exemplo. O bom é que, frequentando um curso (ainda mais se for presencial), você ainda pode aumentar sua rede de networking. 

Por fim, habilidades como a proatividade, liderança, visão estratégica, tomar decisões com rapidez e a resiliências são importantes atualmente.

Mais profissionais estão buscando se especializar, sobretudo em cursos de pós-graduação que promovem o aperfeiçoamento profissional. Um estudo do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), com base em dados do IBGE e do MEC, publicado pela Folha de São Paulo, aponta que em 2016 havia 683 mil alunos de pós-graduação e que em 2019 o número subiu para 1,19 milhão, o que representa um aumento de 74% no período de 4 anos.

E aí, gostou do tema deste post? Se você tem alguma dúvida sobre empregabilidade ou que compartilhar alguma dica, deixe abaixo o seu comentário. Vamos adorar falar com você!