Avaliação Psicológica e o mundo do entretenimento

Avaliação Psicológica e o mundo do entretenimento

Que a Avaliação Psicológica é de extrema importância para ajudar a traduzir dados psicológicos em evidências legais sob foco e interesse judicial muitos de nós já sabemos, a relevância dessa questão é tão alta que o assunto roubou a cena dos holofotes do serviço de streaming Netflix com a série Mindhunter (Caçador de Mentes – em português).

Com a primeira temporada estreando em 2017, Mindhunter é uma produção original do Netflix baseada em fatos reais e conta a história de investigadores do FBI (Federal Bureau of Investigation – unidade de polícia do Departamento de Justiça dos Estados Unidos) na década de 1970, que começaram a tentar entender o comportamento de assassinos com base na psicologia.

Os métodos de Avaliação Psicológica eram aplicados a assassinos que já estavam presos a fim de ajudar na elucidação de casos que ainda estavam em andamento. A série narra as primeiras fases da Psicologia Criminal e do Perfil de Crime no FBI, com os protagonistas inspirados nos agentes John Douglas, que viajou o país para conversar com assassinos e traçar o perfil psicológico deles; e Robert Ressler, que desenvolveu a primeira base de dados de crimes não resolvidos, além de por retratar casos conhecidos como o do serial killer Ed Kemper de forma precisa e minuciosa até com falas retiradas da entrevista originais com o detento.

Novamente traz à tona a importância de se estudar e pesquisar através da Psicologia questões que são pertinentes à sociedade e como isso impacta principalmente no âmbito de segurança e como isso auxilia nos processos de decisão de casos que serão julgados.