Afinal, é possível fazer pós-graduação em outra área?

Afinal, é possível fazer pós-graduação em outra área?

Você já tem em mãos o seu diploma de graduação e, analisando a situação do mercado atual, entendeu que fazer uma especialização é fundamental para quem deseja se destacar profissionalmente e obter as melhores colocações. No entanto, no momento de procurar por um curso, percebeu que aquele pelo qual você se interessou não está relacionado à sua formação inicial. E agora? É possível fazer uma pós-graduação em outra área?

Saiba que essa é uma dúvida bastante comum, mas que solucionaremos de vez neste post. A seguir, confira se é possível ou não cursar uma especialização em uma área diferente da sua graduação e entenda ainda mais sobre o assunto!

É possível fazer uma pós-graduação em outra área?

Ingressar em uma pós-graduação que complemente a graduação é uma excelente forma de adquirir conhecimentos específicos e atualizados, bem como de estar sempre um passo à frente no que diz respeito ao crescimento e à valorização profissional. É impossível negar, por exemplo, que profissionais especializados alcançam com mais facilidade cargos e salários inicialmente inacessíveis para quem conta apenas com uma graduação.

E cursar uma pós-graduação em outra área? Seria essa uma prática recomendada? A verdade é que, ao cursar uma especialização, o aluno geralmente tem como objetivo se qualificar dentro de sua área profissional. No entanto, não é incomum vermos por aí pessoas que vão além e optam por cursos que não apresentam qualquer ligação com o campo de atuação — como um administrador que resolve complementar seus estudos em letras.

Isso significa que é possível, sim, cursar uma pós-graduação em outra área. A verdade é que essa escolha depende mais da carreira que o profissional deseja construir do que a graduação em si. Dessa forma, são consideradas as competências e conhecimentos necessários para chegar à posição desejada, independente do curso estar ligado ou não à sua formação inicial.

É preciso entender que a graduação oferece aos alunos uma visão mais ampla sobre uma área ou profissão, sem abordar questões de ordem específica, já a pós-graduação possibilita um afunilamento desses conhecimentos gerais. Nesse sentido, é uma escolha do profissional diplomado entender qual curso pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos e traçar a trajetória desejada.

Quais são as vantagens de fazer uma pós em uma área diferente?

Elencamos, abaixo, alguns benefícios de se fazer uma pós-graduação diferente da formação que você tem, acompanhe!

Amplia conhecimentos

Não importa se a sua pós-graduação for em uma área diferente da formação inicial: o que importa é a aquisição de conhecimentos relevantes e, de certa forma, complementares à atuação do profissional. Essa especialização em outro campo, quando alinhada a um objetivo e não empregada aleatoriamente, é um instrumento bastante poderoso e capaz de alavancar uma carreira.

O fato é que, ao cursar uma pós-graduação, você tem a chance de se atualizar, ampliar conhecimentos e, ainda, desenvolver habilidades e competências bastante valorizadas pelo mercado de trabalho. Além disso, é inegável que contar com uma experiência de peso como essa pode enriquecer o currículo de um candidato.

Aumenta o leque de possibilidades

Diversificando o currículo em outros segmentos por meio de uma pós-graduação em uma área diferente, o profissional abre as portas para cada vez mais oportunidades de carreira. Isso porque ele poderá agregar conhecimentos, e competências a serem aplicados tanto em sua função, quanto em outras profissões, caso desejar.

A complementação em outro campo pode, por exemplo, ajudar na hora de procurar uma vaga para outro emprego, já que esse estudo extra será sempre valorizado, sobretudo quando está ligado a alguma estratégia que faça sentido para a carreira da pessoa. Isso demonstra que o profissional é proativo, tem interesse em se manter qualificado e atualizado e cuida do seu autodesenvolvimento.

Como escolher uma segunda área de formação?

Veja alguns critérios que você deve seguir antes de selecionar a sua pós-graduação.

Considere seus objetivos

O principal aspecto a ser considerado no momento de escolher uma segunda área de formação, sem dúvidas, é o propósito por trás do investimento. Embora evoluir de um conhecimento mais amplo para domínios mais especializados seja algo natural, trata-se de uma escolha que deve ser feita com bastante planejamento e com base em objetivos bem definidos.

O profissional deve verificar como e quanto essa especialização em outra área agregara à sua atividade atual. Pode ser que a pessoa esteja escolhendo o curso em questão por hobby ou afinidade — o que não deixa de ser um critério relevante. O que queremos destacar é que é importante ter clara a relação custo-benefício do investimento, uma vez que envolve não só recursos financeiros, como também tempo, foco e muita dedicação.

Fique atento aos casos específicos

Caso o seu objetivo seja uma recolocação profissional, é também necessário tomar cuidado. Isso porque existem algumas profissões regulamentadas por lei que exigem não só um diploma de graduação como um registro no órgão da classe para serem exercidas de forma legal e adequada.

Por exemplo, apenas um bacharel em Direito pode prestar o exame da OAB . Nesse sentido, de nada adiantará ter um diploma superior em Marketing e fazer uma especialização em Direito, já que o órgão responsável pela área entenderá que o profissional não tem os conhecimentos básicos fundamentais ao exercício da profissão. Da mesma forma, para atuar como nutricionista, é obrigatório ter diploma em Nutrição e registro no CRN. Sendo assim, um jornalista que deseja se especializar nesse campo, por exemplo, também seria impedido. 

Ao fazer a sua escolha, tenha também em mente que a ausência de um registro profissional exigido por lei no desempenho de determinadas atividades configura o exercício ilegal da profissão — como é o caso de áreas como medicina, farmácia, odontologia, entre outras.

Viu só como cursar uma pós-graduação em outra área não só é possível, como também pode representar uma escolha bastante vantajosa para o alcance de seus objetivos profissionais? Lembre-se de que, antes de ingressar em uma especialização, é fundamental pesquisar e optar por uma empresa séria e de excelência, que oferte cursos de qualidade e conte com uma boa inserção no mercado.

E então, gostou do tema que trouxemos no artigo? Para continuar sempre por dentro de conteúdos relevantes como este, não fique de fora: curta agora mesmo a página da DALMASS no Facebook. Até a próxima!

Deixe uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *